Home / Variados / A saúde do seu bebê através da Shantala – Por Fernanda Colella

A saúde do seu bebê através da Shantala – Por Fernanda Colella

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Qual mãe não gosta de ver seu bebê sorrindo, dormindo tranquilo, brincando e longe das dores e cólicas? Pois bem, este artigo trará o método Shantala, uma técnica onde o toque entre mãe e filho faz toda a diferença.

Shantala é um método de massagem especialmente desenvolvida para o bebê, sendo uma arte de dar e receber amor. A descoberta foi feita por um médico ginecologista e obstetra francês, Dr.Frédérick Leboyer, que em uma de suas viagens para a Índia, se deparou com uma cena habitual nas ruas de lá: uma jovem mãe, paralítica de nome Shantala, massageava seu bebê em plena rua de Calcutá. Tal cena de amor e carinho em plena rua da favela foi tão emocionante que o médico acompanhou Shantala por dias e pediu que a mesma ensinasse sua técnica. E quando lançou o livro “Shantala”, Dr. Frédérick homenageou a mãe que o ensinou, dando seu nome a técnica.

 




O principal objetivo dessa milenar massagem indiana é ampliar os momentos de contato entre mãe e filho fortalecer o vínculo entre vocês.

 A Shantala é bastante interessante na fase em que o bebê ainda não não rola, não senta, não engatinha, ou seja, não tem controle sobre todos os movimentos do corpo, porque serve de estímulo.

Cada bebê é um indivíduo e o seu sinal de satisfação é o melhor indício para saber se os movimentos estão adequados. Porém, por mais que a mãe se prepare para fazer a Shantala em seu filho, pode ser que o pequeno não simpatize com a massagem logo de cara e até reaja de maneira arredia. Mas, isso não é motivo para desistir, e nestes casos, a melhor opção é ir com calma, começando apenas alisando as mãozinhas ou os pezinhos, até que o pequeno se acostume com o toque.

O toque afetivo é de fundamental importância para a criança, pois o toque promove equilíbrio físico-mental-emocional, gerando qualidade de vida. É extremamente prazerosa, devido suas seqüências de movimentos lentos e que conduzem o corpo em uma direção certa.

Os benefícios da Shantala são muitos, entre eles:

  • Fortalece o vínculo mãe-bebê (cuidador-bebê);
  • Relaxa e proporciona sono mais tranquilo ao bebê, pois estimula a produção dos hormônios do bem estar e relaxamento e diminui a produção dos hormônios causadores de estresse;
  • Ajuda no funcionamento do intestino, diminui os gases e as cólicas;
  • Estimula o desenvolvimento psicomotor;
  • Melhora alongamento;
  • Ativa a circulação sanguínea e linfática.


Atenção:

  • Para aplicar a Shantala a mãe deve estar calma e relaxada;
  • O ambiente deve ser agradável, quente, limpo e com música suave;
  • O bebê deve ficar sem roupa para sentir o contato pele a pele da mãe;
  • A mãe deve estar sentada, com a coluna ereta e as pernas estendidas;
  • Usar óleo vegetal e não o mineral;
  • Tirar todos os metais, jóias, bijuterias, etc;
  • O bebê só poderá praticar se tiver mamado há mais de uma hora;
  • Não se deve acordar o bebê para praticar;
  • Fazer da prática uma rotina (sempre no mesmo horário);
  • É comum o bebê fazer xixi e/ou coco durante a prática ou logo após;
  • Dar um banho morno, de imersão (ofurô no balde) após a prática (sem sabonete ou shampoo);
  • Não aplicar a massagem se o bebê estiver gripado, com febre ou com algum outro mal-estar.

A realização da massagem ocorre com o bebê sem nenhuma roupa, deitado sobre as pernas estendidas da mãe. O local deve ser aquecido e de preferência com música relaxante. O deslizamento da massagem ocorre com o uso de óleo de origem vegetal. A Shantala dura de 15 a 30 minutos, dependendo da idade da criança e da aceitação ao toque. Os bebês começam a receber a massagem a partir de um mês de vida, respeitando apenas a cicatrização do umbigo. Nesses minutos preciosos de massagem os pais podem conversar, brincar e conhecer melhor o filho. O toque desperta confiança do bebê e o faz se sentir amado.

Por ser uma técnica que envolve relaxamento, afeto, carinho, troca de energia, é muito importante que todos os passos sejam seguidos corretamente, por este motivo, segue abaixo dois link´s com o passo-a-passo da massagem e com figuras ilustrativas para que não haja dúvidas de como realiza-la.

Caso você não tenha um filho e queira aprender, a boneca é uma ótima solução e muito indicada nos cursos de aprendizagem.

http://www.melhoramiga.com.br/2010/08/passo-a-passo-da-shantala-massagem-para-bebes/

http://www.mamaeebebe.com.br/metodo_mass_fortalec_vinculo.php

            Agora que já sabe como deixar seu filho mais tranquilo, relaxado e sem dores, permita-se encontrar momentos diários com o seu bebê através da Shantala, alimentando-o através do toque.

            Por fim, deixo aqui duas frases do mestre e Dr. Fréderick:

            “Conversar com suas costas e sua pele é tão necessário quanto saciar a sede e a fome de seu bebê”.

            “Sim, os bebês tem necessidade de leite, mas muito mais de serem amados e receberem carinho, serem levados, embalados, acariciados, pegos e massageados”.

 

 

Escrito por Fernanda Colella – Fisioterapeuta
Crefito –  159231-F

About Equipe Treinos Academia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top