Home / Esportes / Crioterapia – tratamento com gelo

Crioterapia – tratamento com gelo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

O que é crioterapia?

Como funciona a crioterapia?

A crioterapia é eficaz?

 

A crioterapia (tratamento pelo frio) é um agente terapêutico bastante utilizado nas lesões musculoesqueléticas frequentemente causadas durante a prática esportiva. Dentre as lesões mais comuns estão as contusões, distensões, entorses, bursites e as tendinopatias.

crioterapia

crioterapia

Os fisioterapeutas tratam as lesões inflamatórias na fase aguda ou inicial que duram em média 24 a 48 horas, seguida pela fase sub-aguda que dura cerca de 14 dias. Os sinais e sintomas de inflamação são:

 

  • Dor
  • Edema/ inchaço
  • Rubor/ vermelhidão
  • Calor e
  • Perda da função.



 
A crioterapia (tratamento com gelo) é benéfica na redução no sangramento e espasmo muscular, diminuição na formação do edema, alívio da dor, favorecendo a melhora na qualidade do tecido muscular.

crioterapia

Crioterapia

Na crioterapia, o tempo de aplicação do gelo depende da densidade corporal (obesos, hipertróficos) e da profundidade da lesão. Durante aproximadamente os primeiros 5 minutos de aplicação, pode haver sensação dolorosa, mas logo cessa.

 

As técnicas mais efetivas de aplicação da crioterapia são:

 

  • Crioterapia – Banho de contraste durante 10 a 15 minutos para lesões superficiais e para lesões profundas, 30 minutos. Na fase aguda e sub-aguda iniciar e terminar com o frio.

 

  • Crioterapia – Criomassagem durante 7 minutos por 48 horas e repouso a cada 3 horas.
  • Crioterapia – Imersão para áreas pequenas com temperatura entre 1 a 5˚C até 30 minutos e para grandes áreas entre 10 a 15˚C durante no máximo 10 minutos.

 



 

  • Crioterapia – Pacote de gelo entre 2 a 4˚C, a opção de baixo custo, sempre retirar o ar do pacote e estabilizar no local lesionado com faixa elástica ou atadura.

 

  • Crioterapia – Criospray, molhar com água a área, inverter o frasco e aplicar a uma distância de aproximadamente 30 cm até o local ficar branco.

 

 

Estudos indicam que a crioterapia antes do treino de resistência muscular diminui a força e,  antes do alongamento, aumenta a flexibilidade a curto prazo. As contra-indicações e precauções da crioterapia são sobre feridas abertas, casos de diabetes mellitus, hipersensibilidade ao frio e doença de Raynaud.

A crioterapia torna a atividade celular mais lenta, portanto, o gelo tem momento e indicação adequada para ser aplicado, senão, retarda o processo de regeneração tecidual.

 

Escrito por Érika Barroso – Fisioterapeuta

CREFITO/SP 47213

 

Referências

KITCHEN, S. Eletroterapia- Práticas baseada em evidências. 11 a edição. São Paulo: Manole, 2003.

KISNER, C. COLBY, L. A. Exercícios terapêuticos: fundamentos e técnica. 3. ed. São Paulo: Manole, 1998.

 

MONTENEGRO, F. et al. Patologia e processos gerais. 4.ed. Rio de Janeiro: Atheneu, s.d.

 

MATHEUS, J. P. C et all. Análise biomecânica dos efeitos da crioterapia no tratamento da lesão muscular aguda. Rev Bras Med Esporte – Vol. 14, No 4 – Jul/Ago, 2008

About Equipe Treinos Academia

2 comments

  1. Eu sempre quis saber mais sobre a crioterapia.

    Obrigado Treinos Academia.

  2. Sou lutador e sempre faço o procedimento de crioterapia para recuperação muscular.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Scroll To Top
FICAR EM FORMA
QUER SABER COMO? (Comprovado)
Parabéns
Confira o Material no Seu e-mail - Aproveite!
Fechar
FICAR EM FORMA
QUER SABER COMO? (Comprovado)
Parabéns
Confira o Material no Seu e-mail - Aproveite!
Fechar